POLÊMICA: Silvio Santos comete racismo ao tirar prêmio de candidata negra - CASTANHEIRAS NEWS - O SEU PORTAL DE NOTICIAS

Post Top Ad

ANUNCIE CONOSCO - (69) 98431 - 0154

POLÊMICA: Silvio Santos comete racismo ao tirar prêmio de candidata negra

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

POLÊMICA: Silvio Santos comete racismo ao tirar prêmio de candidata negra
A prova de que Silvio Santos está na contramão do mundo é o resultado do Miss Universo, que elegeu uma candidata negra no concurso de 2019.


nome de Silvio Santos virou tag no Twitter nesta segunda-feira, 9, horas após ir ao ar uma cena de racismo descarado do apresentador em seu programa no SBT, exibido no último domingo, 8.

O comunicador promoveu uma competição entre quatro mulher, cujo objetivo era a plateia votar na que interpretasse melhor o hit da internet ‘Caneta Azul’.

De lavada, a candidata Jennyfer – que é negra – recebeu 84 pontos das colegas de trabalho, enquanto as demais participantes, que são brancas – tiveram apenas 8, 5 e 3 pontos.

Silvio, então, premiou todas as mulheres com R$500, e no fim, decidiu que para ele a vitoriosa era Juliani e ela que merecia levar R$1 mil.

“Se eu estivesse em casa vendo esse programa, na minha opinião, a melhor intérprete foi a Juliani. Você ganhou! Você é muito bonita, canta bem e ganhou mais R$500″, declarou ele.

Além disso, no fim, o apresentador deixou que as três primeiras candidatas cantassem novamente e quando chegou a vez de Jennyfer ele encerrou as participações.

Nesta manhã, Jennyfer se manifestou sobre o assunto e disse que se sentiu constrangida com a situação: “Estava lendo e respondendo alguns comentários e um deles me chamou atenção, dizendo para eu não me vitimizar. Quem assistiu ao programa viu o que aconteceu. Eu me senti super constrangida naquele momento, mas como demorou três semanas para ir ao ar, eu não podia mencionar nada sobre o assunto, e muito menos expor nada. Eu jurava que eles iam editar essa parte, que ele me barrou de cantar a música. 

Em nenhum momento eu postei nada dizendo que ele foi racista comigo. As pessoas que sentiram isso. Eu respeito a opinião de todo mundo, cada um tem a sua, mas em nenhum momento eu me fiz de vítima. Porém, eu me senti constrangida, sim, quando ele deixou as três cantarem e na minha vez barrou dizendo que a música era muito chata. Me senti prejudicada, constrangida, acho que todo mundo viu a minha cara de merda. Era um programa para sermos avaliadas pela qualidade vocal, mas infelizmente, no Brasil são poucos os programas que avaliam isso de fato”, desabafou.

Fonte: Catraca Livre 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANUNCIE CONOSCO - (69) 98431 - 0154
loading...