Fiz amarrada! comentário de Geisy Arruda no Instagram movimenta portais de entretenimento - CASTANHEIRAS NEWS , O SEU PORTAL DE NOTICIAS

+ NOTICIAS

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - castanheirasnewsoficial@gmail.com

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - (69) 98431-0154

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Fiz amarrada! comentário de Geisy Arruda no Instagram movimenta portais de entretenimento

Produção do instagram de Geisy Arruda

Na noite desta quinta-feira (14), Geisy Arruda postou um vídeo em seu canal no YouTube, Ponto G, onde falou sobre a prática erótica japonesa, Shibari. A prática que envolve amarração do parceiro com cordas naturais e diferentes tipos de nós, busca alcançar o maior prazer sexual através de várias técnicas. 
No vídeo, Geisy Arruda falou  das duas experiencia que teve com a pratica erótica. Uma delas foi amarrada, mas com roupas e sem suspensão nenhuma, e a outra com lingerie e usando novas técnicas e movimentos, porém, também, sem suspensão.
“As minhas duas experiências com Shibari foram diferentes, eu ainda estou em processo de evolução na técnica. A minha primeira experiência eu fiquei amarrada com roupa e fiquei em pé, não fui suspensa. Foi mais light, estava com muito medo e ansiosa e logo no começo eu senti falta de ar, acho que é normal por que amarra muito, fiquei com medo de estar amarrada. Mas depois fui superando, dá uma coceirinha no nariz por que você tá amarrada e não pode mexer”, disse.
Geisy Arruda
Geisy Arruda
“A minha segunda experiência,  estava mais confiante, já fui com lingerie e consegui fazer outros nós, outros movimentos, ainda sem suspensão, por que suspensão já é uma parte do Shibari que é mais complexa, é como se fosse o auge da técnica. Então ainda estou em processo de evolução,  vou fazer a terceira vez no Shibari e agora vou me suspender e vou me aprofundar mais”, concluiu.
Produção do instagram de Geisy ArrudaProdução do instagram de Geisy ArrudaProdução do instagram de Geisy Arruda

Geisy Arruda fala sobre dicas e curiosidades da técnica.

Depois de explicar e falar sobre as experiências que teve com a técnica erótica japonesa, o Shibari. Geisy arruda também deu dicas para quem está entrando no mundo do BDSM (praticas que envolvem bondage e diciplina, dominação e submissão, sadomasoquismo e outros padões de comportamento sexual). 
Mas pra você que quer fazer o Shibari, a dica que eu dou  é que procure um profissional, um shibarista de sua confiança,  por que você vai ficar amarrada literalmente sem movimento nenhum. A segunda dica é, converse antes, tudo que é em relação ao seu corpo, você tem que ter controle, então você conversa, é legal ter uma parada de código de segurança se você tiver sentido mal ou sem ar, ou as mãos de repente ficar trêmulas, tudo você conversa com o shibarista. E a terceira dica é, não tenha medo, se entrega neste momento fecha seus olhos, tenta curtir, é bom as vezes você sair do controle das coisas, do controle do seu próprio corpo, é uma entrega tão grande, que você consegue lá no fundo, se você se doar mesmo, encontrar prazer.

Curiosidade: 

Geisy Arruda ainda revelou no vídeo, que a técnica do Shibari, não necessariamente precisa terminar em sexo, que as vezes pode ser feitas apenas por prazer individual.
“Não necessariamente o Shibari é um ato sexual, não precisa terminar em sexo, você pode fazer arte do Shibari, as amarrações simplesmente pelo prazer de se sentir amarrada e de sentir vulnerável, submissa. Existe pessoas que sentem tesão e prazer só em estar ali amarradas e apertadas. Então não vai achando que vai terminar tudo em putaria que nem sempre é assim”, finalizou.

Fonte : Diario Prime 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - (69) 98431-0154