TERROR: Jovem invade escola armado com faca e faz aluna refém - CASTANHEIRAS NEWS - O SEU PORTAL DE NOTICIAS

Post Top Ad

ANUNCIE CONOSCO - (69) 98431 - 0154

TERROR: Jovem invade escola armado com faca e faz aluna refém

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Adolescente é ex-aluno da instituição. Aos policiais, suspeito disse que planejou a ação e queria render uma professora
Uma escola municipal de Vila Velha, no Espírito Santo, foi invadida por um adolescente de 17 anos, armado com uma faca, por volta das 14h desta quarta-feira (30/10/2019). Ele fez uma aluna de 9 anos refém, Depois de aproximadamente 40 minutos de negociação com a Polícia Militar, o suspeito liberou a estudante e foi detido. Não há informações sobre feridos. 
O caso aconteceu na Unidade Municipal de Ensino Fundamental Paulo César Vinha, em Residencial Jabaeté, na região da Grande Terra Vermelha.
De acordo com a prefeitura, o adolescente é ex-aluno da escola. O diretor contou que ele chegou ao prédio, subiu até o segundo andar e entrou em uma sala onde estavam 25 crianças e a professora.
Na sala de aula, ele ameaçou se matar e depois disse que mataria a professora. O adolescente conseguiu fazer a criança de 9 anos refém. Os outros alunos e a professora conseguiram fugir.
A Companhia Independente de Missões Especiais (CIMEsp) da Polícia Militar disse que foi acionada para a ocorrência às 14h15 e que, quando chegou ao local, policiais militares já estavam negociando a liberação da menina.
Sob efeito de remédios
Depois de se entregar, o adolescente foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Antonio Bezerra de Farias pois estava sob o efeito de remédios. Já a aluna foi liberada e está acompanhada por familiares.
Ainda de acordo com a prefeitura, as aulas na escola voltam à normalidade no período noturno.
Motivação
O diretor da escola explicou que o adolescente estudou na escola no primeiro semestre deste ano, no programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA).
O ex-aluno tem déficit de atenção e tinha acompanhamento de um profissional. A mãe dele contou ao diretor que ele estava depressivo e que tinha tirado os remédios nessa terça-feira (29/10/2019).
Aos policiais, o adolescente contou que planejou a ação e que tinha a intenção de fazer uma professora refém, pois tem lembranças ruins de uma educadora que o desencorajou a seguir o sonho de ser militar.
METRÓPOLES
FOTO: (Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANUNCIE CONOSCO - (69) 98431 - 0154
loading...