Vídeo: Atirador confirma que filho tramou a morte do pai, empresário na Capital - CASTANHEIRAS NEWS , O SEU PORTAL DE NOTICIAS

+ NOTICIAS

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - castanheirasnewsoficial@gmail.com

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - (69) 98431-0154

quinta-feira, 20 de junho de 2019

Vídeo: Atirador confirma que filho tramou a morte do pai, empresário na Capital



Policiais da Delegacia de Homicídios de Porto Velho cumpriram mandado de prisão temporária contra Adelson Góes dos Santos, de 44 anos, apontado como atirador que matou o comerciante Juscelino Fontele Magalhães, 46 anos, na madrugada do dia 10 de maio, no Bairro Socialista, na Zona Leste de Porto Velho. A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira (19) em Itapuã do Oeste. O empresário foi assassinado a mando do próprio filho, segundo as investigações.
Durante o depoimento, o criminoso confessou o crime e relatou que o plano de simular um assalto que terminaria com a morte do comerciante, partiu do próprio filho da vítima de 16 anos. O adolescente já está aprendido desde o dia 29 de maio, acusado de arquitetar a morte. 
Outro envolvido no crime, Antônio Edson Oliveira Ferreira, 27 anos, foi preso também no dia 29 de maio.

Vídeo: Atirador confirma que filho tramou a morte do pai, empresário na Capital
Ualisson Nascimento da Silva

Na última sexta-feira (14), Ualisson Nascimento da Silva foi preso acusado de ser o motorista do veículo HB20, que levou Adelson até as proximidades do comércio. Ele chegou ser ouvido na delegacia antes de ser preso, negou ter pacificação no crime, mas os investigadores apuraram que ele sabia de tudo. 
Nesta quarta-feira, Adelson confirmou aos policiais e a jornalistas que os comparsas o convidaram duas vezes para cometer o crime e na terceira vez ele acabou aceitando ser o atirador que mataria Juscelino com um tiro na cabeça. “Eu estava precisando do dinheiro e iria receber R$ 10 mil como recompensa. A ideia de simular um assalto foi do adolescente”, afirmou o assassino dizendo ainda que sabia que o crime teria sido arquitetado pelo próprio filho da vítima e mesmo assim aceitou praticar.
Agora, a Polícia procura por Chewdon Jeovane Batista Justiniano Cuellar, 18 anos, apontado pelos investigadores como intermediador do crime. “Foi ele quem armou tudo juntamente com o adolescente para que os demais fizessem o serviço”, finaliza a delegada Leisaloma Carvalho Resem.
A Polícia Civil disponibiliza o número 197 para quem souber de alguma informação que leve ao paradeiro de Chewdon Jeovane. As denúncias podem ser anônimas e são sigilosas.
Vídeo: Atirador confirma que filho tramou a morte do pai, empresário na Capital
Chewdon Jeovane Batista
Fonta. rondoniagora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - (69) 98431-0154