Moradores de área atingida por rompimento de barragens se arriscam em ponte danificada para conseguirem comida em RO - CASTANHEIRAS NEWS , O SEU PORTAL DE NOTICIAS

+ NOTICIAS

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - castanheirasnewsoficial@gmail.com

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - (69) 98431-0154

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Moradores de área atingida por rompimento de barragens se arriscam em ponte danificada para conseguirem comida em RO


Foto: Luiz Martins/Rede Amazônica

Dois dias após o rompimento de duas barragens em Oriente Novo, distrito de Machadinho D'Oeste (RO), no Vale do Jamari, dezenas de famílias ainda estão isoladas. Na localidade, sete pontes foram levadas pela enxurrada.
Algumas pessoas se arriscavam e passavam pelas pontes danificadas com a enxurrada para conseguir comida, como é o ?caso do produtor rural Divino Antônio Zeferino.
"Tudo já venceu, então a gente está improvisando alguma coisa. O que falta vai passando sem", conta o produtor.
Dificuldades também para os agricultores que vivem na região, que devido a queda das pontes, ficaram sem o escoamento da produção.
“Todo a produção do pessoal está presa nas propriedades, principalmente tanques de leite. Estamos realmente ilhados e esperamos que os acessos sejam recuperados o mais breve possível", disse o presidente de uma associação de produtores rurais da localidade, Ronaldo Jardim.
Uma das pontes foi recuperada no domingo (31) e a ajuda começou a chegar aos moradores. A preocupação agora é com o rompimento de outras barragens. Próximo ao local das barragens que romperam, tem pelo menos 10 outras barragens. O número exato as autoridades não sabem precisar. A preocupação é com os prejuízos ao meio ambiente.
Ao todo, 350 pessoas estão isoladas no distrito. As barragens de rejeitos de cassiterita, minério utilizado na fabricação do estanho, não eram utilizadas há décadas, segundo a Metalmig, empresa responsável pela área. A mineradora disse que está cooperando com as autoridades e que o problema foi pelo excesso de chuvas.
Há uma preocupação com a possibilidade de metais pesados e a contaminação da água na localidade. O Ministério Público de Rondônia (MP-RO) abriu inquérito para apurar a responsabilidade sobre o rompimento das barragens.
Fonte: G1 Rondônia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - (69) 98431-0154