Fugitivo de Rolim de Moura é preso acusado de latrocínio, estupro e tentativa de homicídio em Ouro Preto - CASTANHEIRAS NEWS , O SEU PORTAL DE NOTICIAS

+ NOTICIAS

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - castanheirasnewsoficial@gmail.com

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - (69) 98431-0154

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Fugitivo de Rolim de Moura é preso acusado de latrocínio, estupro e tentativa de homicídio em Ouro Preto


Está preso na Delegacia Civil de Ouro Preto do Oeste, Geneci Martins Alves dos Santos, 37 anos, que teria agido como um psicopata na região, o caso ocorreu a última sexta-feira (29/03) e a noite de terça-feira (2/04), cometendo crimes bárbaros e cruéis.
O principal crime teria sido o assassinato de um homem na Linha 04 para roubar uma moto, Geneci que é fugitivo do sistema prisional de Rolim de Moura, e já foi preso em Alvorada do Oeste, foi novamente preso no Jardim Aeroporto, na ocasião ele estava armado com um revólver de calibre .38 e uma moto roubada.
A prisão de Geneci foi realizada pelo próprio delegado de polícia Niki Alves Locatelli, que sozinho rendeu o bandido e um menor de 17 anos.
Entre os crimes que Geneci é acusado, está o latrocínio cometido na noite de segunda-feira que tirou a vida do trabalhador Ademir Ferreira Barbosa, o “Miro”, que tinha 44 anos e foi covardemente assassinado quando retornava da Linha 04 para a cidade de Ouro Preto do Oeste.
Ele também é acusado de invadir uma residência em Ouro Preto do Oeste, e além de estuprar, teria cometido barbaridades contra uma mulher que estava sozinha em casa. No entanto, sobre esse crime, o suspeito já teria sido reconhecido, porém a polícia ainda não se manifestou sobre o assunto.
Na noite de domingo, Geneci Martins teria invadido a residência do secretário municipal de Agricultura no município de Vale do Paraíso, Paulo Cezar Marinho de Oliveira, localizada na RO 470 (Linha 200), rendendo parte da família chegando a atirar por três vezes contra Valcir Francisco de Jesus, sobrinho da vítima do assalto, que está hospitalizado e seu quadro clínico inspira cuidados.
Por ter atirado em Valcir, que reagiu ao assalto, Geneci fugiu e abandonou a moto no local e fez outra vítima roubando outra motocicleta na Linha 153, depois também abandonou o veículo.
Detalhe: a moto usada por Geneci para praticar o latrocínio tentado contra Valcir Francisco na Linha 200, ele teria roubado no sábado à tarde de um trabalhador rural que foi obrigado a beber meio litro de pinga, em um assalto ocorrido em um trecho da Linha 04 do travessão da horta do Japonês, próximo de onde ele teria matado Ademir.
A Polícia Civil ainda está apurando mais crimes que podem ser atribuídos a Geneci Martins Alves dos Santos, e na manhã de quinta-feira o delegado vai conceder uma entrevista coletiva detalhando sobre como os crimes ocorreram, e de como o criminoso obteve apoio para circular foragido na região de Ouro Preto do Oeste cometendo barbaridades.


A PRISÃO DE GENECI E DO MENOR
Geneci Martins Alves dos Santos estava em um ponto da Rua Mario Andreazza na companhia de um menor tatuado que tem passagens pela polícia, usa brincos. A Atitude de ambos levantou suspeita.
O delegado iria pedir um retrato falado de Geneci na manhã de quinta-feira com base em depoimentos de vítimas, e ao vê-lo com uma motoneta de cor rosa, com as características de uma moto roubada em Mirante da Serra, decidiu abordar a dupla.
Geneci acelerou a motoneta com o menor e empreendeu fuga. O delegado deu meia volta e iniciou uma perseguição cautelosa. Geneci desceu pela quadra do ginásio, pegou a Rua Pau Brasil e quando converteu para a Rua Maria Mazarelo sofreu uma queda.
O delegado agiu rápido e apontou a arma para Geneci e o menor, e exigiu que a dupla não fizesse movimento, e levantassem as mãos. Ao se aproximar de Geneci e levantar sua camisa, o delegado visualizou o revólver calibre 38 na cintura do criminoso que estava com o tambor lotado, com seis capsulas intactas.
O delegado pediu a um popular que acionasse a Polícia Militar e rapidamente chegou uma viatura composta de três militares. O menor tentou quebrar um dos dois celulares apreendidos pela polícia jogando-o contra o chão.
Fonte: Correio Central

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

DIVULGUE CONOSCO - (69) 98431-0154